sexta-feira, 9 de setembro de 2011

OTITE em cães. É perigosa mesmo?


1 - O que é otite?
R - Trata-se da inflamação desse órgão da audição. E como o mesmo compreende várias partes, necessário se faz seu conhecimento anatômico.


2 - Qual é a anatomia do ouvido? 
R - Pode ser dividido para efeito didático em ouvido externo, ouvido médio e ouvido interno, porém interligados entre si. O ouvido externo compreende o pavilhão auricular (orelha), o meato acústico externo também chamado de canal auditivo externo e o tímpano, este última uma membrana delgada que por assim dizer separa o ouvido externo do médio. O ouvido médio é a câmara onde situam-se três ossículos (martelo, estribo e bigorna) interligados entre si e que servem como meio de ligação com o ouvido interno. Nessa câmara onde situam-se referidos ossículos, existe um canal de ligação do ouvido médio com o faringe, denominado Trompa de Eustáquio. Ouvido interno, a parte mais especializada e portanto também mais delicada e importante de todo o ouvido, onde existem os chamados Canais semicirculares, a Cóclea e o Nervo acústico, este último ligando todo o conjunto diretamente ao cérebro. Notaram todos portanto, que conforme sejam atingidas essas diferentes porções do ouvido, a otite se revestirá de maior ou menor gravidade, recebendo também denominações diversas, como otite externa (apenas ouvido externo inflamado), otite média (apenas ouvido médio inflamado), e otite interna (esta a mais grave pois atingindo os canais semicirculares determinará transtornos do equilíbrio por ser esse o órgão responsável pelo nosso sentido espacial. Atingindo a cóclea, será a doença denominada labirintite (devido ser tal órgão também chamado de labirinto), e assim por diante.


3 - O que causa a otite? 
R - Podem causar otites, germes ou fungos infecciosos quando nesse órgão instalados, que podem ali penetrarem, tanto através do exterior pelo canal auditivo externo, quanto também através da faringe pela Trompa de Eustáquio.


4 - Como podemos prevenir essa doença em nossos cães? 
R - Primeiro, cuidando da limpeza do canal auditivo externo e das próprias orelhas de nossos cães, e em segundo lugar, cuidando e tratando quando os mesmos acometidos por doenças da garganta, pois daí também, pode a infecção progredir e atingir o ouvido.


5 - Como proceder para a boa limpeza dos ouvidos dos cães? 
R - Com um cotonete para os cães pequenos, ou um chumaço de algodão na ponta de um estilete flexível ou pinça para cães de maior porte, umedecemos esse algodão com uma solução de alcool-éter (em partes iguais), e com esse cotonete limpamos e removemos a cera existente no conduto auditivo externo e nas próprias orelhas. Cuidado na limpeza do conduto auditivo externo, em sua parte mais profunda, a fim de não lesar o tímpano ali localizado. A freqüência que essa limpeza deve ser feita, dependerá da raça de seu cão: Os cães das raças que tem as orelhas eretas, como o Pastor Alemão, necessitarão limpezas mensais. Já os cães de raças que tem as orelhas caídas, como aqueles da raça Cocker Spaniel, a limpeza deve ser feita mais freqüentemente (cada 10 dias).


6 - Como perceber se meu cão está com otite?
R- O sintoma mais evidente é o ato do mesmo coçar com as patas tal região da cabeça, ou então sacudir freqüentemente a cabeça. Mais evidente, quando ocorrer secreção purulenta pela orelha, o que denota a infecção já estar ali instalada e latente, e quando a otite é unilateral (apenas um dos ouvidos), o ato do cão manter a cabeça inclinada para esse lado inflamado.


7 - Como tratar um cão com otite? 
R - Muitas vezes o simples ato de proceder à limpeza dos ouvidos, quando a otite é apenas externa, é suficiente para sanar o mal. Porém, quando a infecção já atingiu o ouvido médio ou o interno, necessário se faz tratamento mais especializado, inclusive com administração de antibióticos por via geral (parenteral ou oral), e mesmo nebulizações da garganta com medicação apropriada. Nessa caso, a recomendação é, procure um veterinário competente, que este deverá estar capacitado para lhe indicar a melhor terapêutica.


Apenas uma recomendação final: Nada de pânicos em caso de otites, pois tenha em mente que o próprio organismo animal tem meios de defesa tanto para essa quanto para outras infecções. Cuide de seu animal como cuida de si mesmo: com cuidado e atenção, tanto quanto seu asseio quanto sua alimentação, e propiciando ao mesmo exercícios físicos e carinho. Nada além disso.

11 comentários:

  1. Interessante, tenho escutado que é necessário limpar apenas as orelhas e, jamais, introduzir cotonetes no conduto auditivo.Parece-me que não há um consenso entre os profissionais ou ??
    abçs

    ResponderExcluir
  2. Ah!! voltei para parabenizá-los pelo Dia do Veterinário (ontem).PAZ!

    ResponderExcluir
  3. Olá Soninha, boa tarde!

    Deve se limpar as orelhas frequentemente, dependendo da raça do cão, podendo se limpar o conduto auditivo externo também, que faz parte do ouvido externo, junto com a orelha, para retirar as ceras ali presentes, mas sempre tomar cuidado na limpeza do conduto externo, para não atingir o tímpano ali localizado mais profundamente.
    Pode se introduzir cotonete no conduto externo sim, mas cuidadosamente e mais superficialmente para não atingir o tímpano.
    Espero ter esclarecido essa dúvida. Abraço e obrigado por sua participação em nosso blog.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite,
    Preciso de ajuda.Sou Portuguesa vivo no Algarve chamo-me Isabel Cristina e tenho um S.Bernardo,faz 8 anos no dia 23 de Outubro,com 70 kg, tem imensas otites, esta última já dura a cerca de 2 Meses, tem vindo a ser acompanhado por uma veterinária, mas tem sido muito difícil. A medicação que já lhe foi administrada foi: 72 comprimidos de Amoxicilina+Ácido Clavulânico 1000 mg ( 2 comprimidos de 12 em 12h), mais 72 comprimidos de Cefadroxil Mylan 1000 mg ( 2 comprimidos de 12 em 12 h, já lhe foi administrado 12 injeções de Ceporex e 5 injeções Dexametasona ( 1 vez por dia),limpeza com líquido de limpeza Soin des Oreilles pela manhã e administrar 10 gotas à noite de Easotic massajando o canal auditivo.Após toda esta medicação ainda tem infecção no ouvido , estou eu e o meu cão exaustos. Por favor queiram indicar-me solução para este meu problema, já não sei o que fazer.Estou desesperada. A veterinária que o acompanha já não sabe o que fazer mais.Adoro o meu cão mas ainda não consegui ir de férias, para poder tratar dele.
    Espera que me ajudem.Agradeço desde já a atenção. Isabel Cristina

    ResponderExcluir
  5. Boa Tarde
    Preciso de ajuda e de uma 2º opinião.Vivo em Setúbal chamo-me João e tenho uma Pastor Alemão fêmea,tem imensas otites, esta última já dura a vários Meses, já fui com ela varias vezes ao veterinário no qual já fez vários exames incluindo uma biopsia ao inchaço, está tomar vários comprimidos um deles à base de cortisona mas não está a fazer efeito nenhum, limpar o ouvido não se consegue tocar no animal pois está com bastantes dores,já gastei muitos euros em veterinário e exames neste momento já não consigo acompanhar os gastos com ela, o animal está exausto e sofrendo com dores, não posso deixar o meu filho brincar com ela pois o animal vira-se a ele com dores, e eu já não sei o que fazer não queria mandar abater o animal pois pois já está comigo à 10 anos e gosto muito dela, mas também é desumano deixar o animal a sofrer. Por favor gostaria que me dessem alguma opinião para este meu problema,
    Espera que me ajudem.Agradeço desde já a atenção. João Ramalho

    ResponderExcluir
  6. Contacto:
    jflramalho@gmail.com
    913171691

    ResponderExcluir
  7. meu nome é anália .moro em petropolis, tenho uma cadela mestiço com mais ou menos 8 ano de idade.adoro ela e me me preocupo pois está com otite. tem a orelha inchada e o oudo imflamado,esta sempre com a cabeça pendente para um lado. estou tratando em casa com otodem e antinflamatorio, pois sou pobre e naõ tenho como levar ao veterinario, me ajuda por favor. Analia

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo Blog,
    Meu nome é J. Lins, resido em Campo Grande Rio de Janeiro. Tenho um cão chamado Guardião que inicialmente apresentava um ferida na orelha que passei a trata-la como se fosse uma sarna com o Tiuran uso externo. Quando julguei esta dando certo o tratamento a mesma orelha passou a apresentar inchaço, arriada e dolorida.
    Gostaria de saber se tal quadro se deu face eu ter aplicado o Tiuran sem mistura-lo com agua.

    ResponderExcluir
  9. Ola bom dia ! Tenho uma cadela e yokshire ela tem 5 mes e coca bastante o ouvido a veterinária passou posatex para por no ouvido falou que tem que limpar mais ela nao deixa de jeito nehum...queria saber se colocar o remedio sem limpar tem o mesmo efeito pode sarar a olhera dela..

    ResponderExcluir
  10. Boa noite, tratei otite do meu cão, mas não sarou o que devo fazer?
    Obs, ja levei no vet

    ResponderExcluir
  11. Boa noite!

    Minha dara foi diagnosticada com otite interna com otomologic e limpeza com éter,porém não consigo mais comprar sem receita ,o que tenho em casa e vinagre de maçã (li q posso fazer assepsia ad misturado a água morna)e dexium comprimidos.posso usar?

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui!!! Favor não esquecer de deixar o email tb, para melhor atendê-los.