quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O Guia do Filhote (Parte 4)



Saúde básica (segunda parte)

Problemas? Visite o veterinário...

Com certeza, se o seu filhote pára de comer, fica sem energia ou tem um ferimento, uma visita ao veterinário é essencial. Há outros sintomas que podem indicar que você deve levar seu filhote ao veterinário, e é importante reconhecê-los.

Vômitos: em caso de vômitos inexplicáveis, ou quando o filhote tenta vomitar, mas não sai nada, você deve consultar o médico veterinário rapidamente.

Diarréias recorrentes: Ficar de olho nos sintomas ajudará o médico veterinário a identificar a causa. Os filhotes podem se desidratar facilmente quando têm diarréia.

Temperatura: O calor do nariz de um cão é um sinal completamente precário, então, é melhor usar um termômetro para medir sua temperatura enquanto estiver calmo e em repouso. Entre 38 e 39º C é uma oscilação normal.


Vacinações recomendadas

Idade
7 a 9 semanas - cinomose, hepatite canina, parvovírus, leptospirose.
11 a 13 semanas - reforço das vacinas anteriores.
15 a 17 semanas - reforço das vacinas anteriores.
24 semanas - vacina anti-rábica.
15 meses - reforço de todas as vacinas acima.
Anualmente - reforço de todas as vacinas.


Cuidado com convidados indesejáveis

O cão é uma presa fácil de visitantes detestáveis como pulgas e carrapatos. Sua pele e pelagem são afetadas pela presença desses parasitas, que podem causar também doenças infecciosas sérias. Além disso, é essencial inspecionar sua pelagem com cuidado, particularmente após caminhadas no campo. Trate o cão, assim como o meio (cobertas e certos). Os carrapatos podem ser removidos com pinças especiais.

Não se esqueça de que há também parasitas internos, particularmente no sistema digestório. Assim como perturbam o sistema digestivo, eles também podem causar mais problemas de saúde geral, então, é essencial que seu cão tome vermífugos regularmente. O contato com outros cães e com o mundo externo torna mais fácil a re-contaminação, então, peça, conselhos ao seu médico veterinário sobre um programa de vermifugação.

DICAS DE SAÚDE

  • Planeje vermifugar seu cão antes de cada reforço de vacinação para garantir o máximo de eficácia.
  • Se ele tem pulgas ou caça rator e os come, aplique o vermífugo nele. Há numerosos tipos de vermes que afetam os cães, e engolir pulgas ou comer as vísceras de qualquer animal pequeno é uma maneira fácil de pegá-los.
  • Quando cães jovens vomitam, consulte o médico veterinário rapidamente porque eles são propensos ao risco de desidratação.
Próxima matéria: Educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!! Favor não esquecer de deixar o email tb, para melhor atendê-los.