segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O Guia do Filhote (Parte 11)

Bons hábitos começam cedo

Os bons hábitos devem começar cedo, visto que é mais difícil mudar as coisas mais tarde. Desde o início, o filhote deve aceitar que você levará sua tigela ou tocará em seu alimento se você precisar. Verifique se ele sempre tem uma tigela com água fresca disponível e troque-a regularmente.
Finalmente, resista às tentações de lhe dar sobras ou doces, pois são prejudiciais ao equilíbrio nutricional e fazem com que ele fique pedindo comida enquanto você está fazendo suas refeições à mesa.
Um alimento completo é suficiente para dar conta de suas necessidades nutricionais e variar o alimento de um cão significa somente uma coisa: problemas digestivos.

Dica
Qual tipo de alimento?
O alimento caseiro não é ideal porque não atende as necessidades nutricionais específicas dos cães em termos de nutrição balanceada, então, poderia causar problemas de saúde. Menos prático e mais caro, o alimento úmido contém muita umidade e não promove a mastigação. Os croquetes são a melhor solução, combinando equilíbrio nutricional, ingredientes de altíssima qualidade e fácil utilização.



Observe a dieta de transição

Dias 1 e 2 - 25% do novo alimento e 75% do alimento habitual.
Dias 3 e 4 - 50% do novo alimento e 50% do alimento habitual.
Dias 5 e 6 - 75% do novo alimento e 25% do alimento habitual.
Dias 7 e seguintes - 100% do novo alimento.


Cuidados especiais
Não ceda!
Cães pequenos como o Yorkshire Terrier, o Shih Tzu e o Chihuahua são muito apegados a seus donos e têm tendência para se tornarem nervosos e mendicantes. Fique forte, não ceda!


Conselhos sobre regras no momento da refeição

  • Até pelo menos 5 ou 6 meses de idade, divida a porção diária de alimento em 3 refeições.
  • Sempre alimente seu filhote no mesmo lugar e após toda a família ter comido para que ele aprenda a questão da hierarquia.
  • O pote de porção encontrado em algumas embalagens de alimentos lhe dá uma idéia sobre a quantidade de alimento a ser dada para seu cão, mas isso pode ser adaptado em relação à idade do filhote, assim, o peso não é ganho tão rapidamente. O ganho de peso precoce pode deformar o esqueleto e levar à obesidade.
  • Se você precisa mudar o alimento, introduza o alimento novo gradualmente, durante mais ou menos uma semana, para que o sistema digestivo do filhote se ajuste facilmente. O meio mais fácil é misturar o novo alimento com o antigo, mudando gradualmente as proporções até que a troca esteja completa.


Próxima matéria: 10 conselhos essenciais (final).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!! Favor não esquecer de deixar o email tb, para melhor atendê-los.