sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Cuidados com filhotes



A chegada de um bichinho de estimação na família é sempre uma festa, todos ficam felizes e radiantes com o novo membro da casa. Mas para que essa felicidade dure muito tempo são essenciais alguns cuidados básicos que começam desde cedo.


  • Procurar adquirir animais com idade igual ou superior a 45 dias, para que não sintam falta da mãe e irmãos.

  • Alimentação desde cedo com ração comercial, pois é o melhor alimento,feito especialmente para eles (várias marcas para todos os tamanhos e idades), evitando doces, comida caseira ,ossos e alimentos crus.

  • Vermífugo: ideal antes da primeira dose da vacina polivalente e a cada 4-6 meses para o resto da vida, evitando assim qualquer contaminação para as pessoas e outros animais.

  • Vacinas: fundamental a partir dos 60 dias, sendo feitas 3 doses de vacina polivalente ( intervalo de no mínimo 21 dias entre cada uma; 60,90 e 120 dias) e duas doses da vacina anti-rábica ( 150 e 180 dias). Após 1 ano da última dose da polivalente e da anti-rábica é indicado reforço anual de ambas para o resto da vida, pois doenças como cinomose e leptospirose podem se manifestar em cães adultos, bem como a rinotraqueíte em gatos. Outro ponto importante dentro da vacinação é que essa deverá ser feita por médicos veterinários, pois eles têm as melhores vacinas ( vacinas éticas) e antes da aplicação fazem exame clínico, certificando-se que o animal esteja apto para receber a vacina;

  • Passeios: procurar não passear com filhotes antes da terceira dose da vacina polivalente, principalmente em parques e praças, pois a circulação de animais é muito grande;

  • Ectoparasitos ( pulgas e carrapatos ): usar, desde pequeno, produtos que empeçam a proliferação, evitando assim diversas doenças ( incluindo zoonoses );

  • Banhos e Tosas: procurar evitar estéticas e petshops antes da terceira dose da vacina polivalente, pois também é um local com grande circulação de animais. Filhotes de pelagem longa devem ter cuidados com a escovação dos pêlos (de preferência diária), para evitar a formação de nós e acumulos de sujeiras;

  • Ouvidos e Dentes: procurar sempre limpar os ouvidos após o banho ou uma vez por semana, evitando a formação de otites ( muito comum em raças de orelhas caídas), e a escovação dentária também se faz necessário ( de preferência uma vez ao dia com escova e creme dental especiais para pequenos animais), pois problemas como tártaro são muito prejudiciais podendo causar até cardiopatias.



LEVE SEU CÃO AO VETERINÁRIO, PARA QUE ELE SE MATENHA SAUDÁVEL E FELIZ.

SEJA RESPONSÁVEL, NÃO ABANDONE OS ANIMAIS


Postado por : Natália Mayrinck Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!!! Favor não esquecer de deixar o email tb, para melhor atendê-los.