sexta-feira, 16 de abril de 2010

VERDADES SOBRE CASTRAÇÕES




NOS MACHOS:
- A agressividade de machos castrados diminui em 60% dos casos.
- A marcação com urina em casa reduz-se em 50% dos casos.
- A dominância sobre os donos reduz-se em 50%.
- A tendência a fugir reduz-se em 90% dos casos.
- Pode-se observar um declínio na tentatIva de subir em fêmeas no cio.
- Promover o acasalamento não necessariamente melhora o gênio do cão macho deixando-o mais calmo, menos destrutivo ou mais afetivo com crianças.

NAS FÊMEAS:
- Evita superpopulação .
-Evita infecções uterinas .
-Evita o risco de infecção e trauma do coito .
-Diminui o risco de tumor de mama (principalmente se castrada antes do primeiro cio) .
- Evita complicações de gestação e parto.
- Evita doenças venéreas como tumor de Stiker.
- Evita stresse físico e emocional de cio e gravidez psicológica repetidamente.
- Em fêmeas pode haver aumento de agressividade após a castração.

EM FÊMEAS E MACHOS:
- O comportamento sexual de machos e fêmeas continua durante algum tempo após a castração.
- Não são todos os animais castrados que aumentam de peso após a castração.
- Castrar o animal NÃO vai frustrá-lo.
- Filhotes podem ser castrados à partir de 4 meses de idade.

Um comentário:

  1. BOA TARDE. EU TENHO UMA DÁLMATA DE 6 MESES E GOSTARIA DE SABER SE JÁ POSSO FAZER ESSE PROCEDIMENTO.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui!!! Favor não esquecer de deixar o email tb, para melhor atendê-los.