quarta-feira, 21 de abril de 2010

Profissão: veterinário com muito orgulho


Profissão: veterinário com muito orgulho

Quem sonha em estudar Medicina Veterinária deve estar ciente de que serão cinco anos de muito estudo, sendo os dois primeiros dedicados às disciplinas teóricas como biofísica, genética, citologia e até mesmo bioestatística! Somente no terceiro ano é que você começará a se ver rodeado de animais e realmente apaixonar-se pela profissão que escolheu. Entretanto, muitos alunos chegam nessa fase e ainda não sabem qual caminho seguir ao concluir a graduação. Nada mais normal. Com o decorrer do curso, os estudantes percebem que a profissão vai muito além de salvar a vida de animais...

Veja as áreas de atuação desse profissional:

  • Clínica e cirurgia de pequenos ou grandes animais
  • Docência e pesquisa em universidades
  • Epidemiologia veterinária e saúde pública
  • Vigilância sanitária e inspeção de produtos de origem animal
  • Produção animal

Outras áreas promissoras são:

  • Consultoria
    Os consultores ajudam os clientes a pensar na melhor maneira de resolver problemas específicos. Um veterinário pode atuar como um consultor de uma empresa veterinária para clínicos de pequenos animais, por exemplo. Para isso é fundamental ter experiência a partir de conhecimentos do mercado de saúde animal.

  • Agronegócio
    Basta olhar o grande mercado de exportação de carne do Brasil.

  • Indústrias/empresas de saúde animal
    O veterinário pode atuar na área de pesquisa e desenvolvimento, controle de qualidade ou ainda no marketing e comercialização de produtos tanto na indústria veterinária como de produção de ração.

  • Medicina veterinária preventiva
    Esse campo apresenta tendência de crescimento, uma vez que o enfoque do mercado veterinário vem mudando cada vez mais de curativo para preventivo.

  • Institutos de pesquisa
    Com as portas abertas pela engenharia genética, principalmente quando associada à reprodução de espécies ameaçadas de extinção, a profissão de veterinário ganha mais um campo de atuação.

  • Especializações
    Os veterinários que hoje possuem uma especialização (cardiologista, neurologista, radiologista, etc) diferenciam-se no mercado de trabalho.

  • Organizações Não-governamentais (ONGs)
    O trabalho solidário de médicos veterinários tem ajudado muito a salvar espécies ameaçadas de extinção, conscientizar a população sobre posse responsável, evitar a superpopulação e o abandono de cães e gatos, entre outros serviços. Estabelecendo parcerias com ONGs, o veterinário assume compromissos com a sociedade e impulsiona o mercado e o profissionalismo.

  • Perícia médico-veterinária
    Os peritos atuam sobretudo na investigação da causa mortis de animais.


No Brasil há 132 cursos de Medicina Veterinária atualmente, sendo oferecidas 11.151 vagas no total. Para mais informações sobre o mercado de atuação do médico veterinário, visite o site www.cfmv.org.br do Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Dados de todas as faculdades existentes no País podem ser obtidos no site do Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais http://www.educacaosuperior.inep.gov.br.


Postado por: Natália Mayrinck

8 comentários:

  1. "muitoo booa essa profissão, tenho 15 anos e pretendo ser veterinario. gosto bastante de animais otimo site.=D"

    ResponderExcluir
  2. Wesley, a profissão de medicina veterinária realmente é uma ótima profissão, mas tem que gostar muito, num é pra qualquer um não, você fará uma ótima escolha, boa sorte. Obrigado pela participação no Blog.

    ResponderExcluir
  3. Tenho 15 anos e quero ser uma grande defensoras dos animais, quero cuidar deles, dar uma vida melhor e tira das maos das quelas pessoas que os maltratam, eu odeio circo por que muitos dos animais que estao ali sao mal tratados, passam fome e etc... Quem assiste aquelas gracinhas nao sabem o que eles passam la dentro... se eu pegasse um cara desse, que so sabe maltrata os animais eu fazia a mesma coisa que eles fazem com os pobres bichos Isso e revoltante
    Maryelle da Silva Vasconcelos

    ResponderExcluir
  4. As pesssoas deveriam ter conciencia do que fazem com os animais, so criaturas tao doceis, que querem so atencão e carinho, Um veterinario ao defender um animais estao defendendo tambem o lugar onde eles vivem...

    ResponderExcluir
  5. Vou fazer vestibular p/ Veterinária, tô cursando o Curso téc. em Agropecuária e apaixonei-me pela área animal do meu curso, só que prefiro a parte clinica (Veterinária) do que a produção (zootecnia), legal saber que tem pessoas dedicando sua vida aos animais, em breve serei mais umm!

    ResponderExcluir
  6. Olá Equipe Veterinária da Univertix, terminei o Ensino Médio recentemente, tenho um carinho especial pela Medicina Veterinária e amo animais. Pretendo seguir essa carreira, porém sou consideravelmente sensível quando se trata dos bichos, e esse é um dos meus medos. Não sei como reagiria emocionalmente a uma situação de extremo sofrimento do animal. Gostaria de saber se com o passar do tempo e com as experiências eu irei me acostumar ou devo repensar a escolha profissional? Obrigadaaa! :D

    ResponderExcluir
  7. meu sonho é ser veterinaria.amo animais e me desespero quando vejo um animal sofrendo e eu nao podendo fazer nada isso me entristesse.um dia ainda vou ser "A MEDICA VETERINARIA"

    ResponderExcluir
  8. TODOS OS VETERINARIOS DEVERIAM GOSTAR DE VERDADE DE TODOS OS ANIMAIS E NUNCA SE ENVOLVER COM LUGARES ONDE ASSASSINAM ANIMAIS, COMO MATADOUROS,FAZENDAS E FRIGORIFICOS.SE VOCE NAO FOR UM VEGANO VOCE JAMAIS PODERA SER UM VETERINARIO DE VERDADE E ETICO.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui!!! Favor não esquecer de deixar o email tb, para melhor atendê-los.